Perspectiva de Competências OCDE 2013 – Primeiros resultados do Estudo de Competências de Adultos

Perspectiva de Competências OCDE 2013 – Primeiros resultados do Estudo de Competências de Adultos

Organização: OCDE

Edição: Fundação Santillana

Ano: 2014

Relatório apresenta dados de estudo que analisa as principais competências necessárias a um adulto para o processamento de informação

Esta edição de estreia da série “Perspectiva de Competências OCDE” é dedicada a apresentar os resultados da primeira etapa do “Estudo de Competências de Adultos”, um produto do Programa Internacional de Avaliação de Competências de Adultos (PIAAC).

O estudo fornece uma rica fonte de dados sobre a proficiência dos adultos em letramento, numeramento e solução de problemas em ambientes altamente tecnológicos – as principais competências necessárias para o processamento de informação, e que são de valor inestimável para as economias do século 21 – e em diversas competências “genéricas”, como cooperação, comunicação e organização de tempo.

Se há uma mensagem central que emerge desse novo estudo, é: o que as pessoas sabem e o que elas fazem com o que sabem exerce um grande impacto sobre suas oportunidades de vida. A remuneração horária média de trabalhadores capazes de fazer deduções complexas e avaliar afirmações ou argumentos verdadeiros sutis em textos escritos é mais de 60% maior do que a de trabalhadores que conseguem, no máximo, ler textos relativamente curtos para localizar uma única informação.