Caminhos para a qualidade da Educação pública: Gestão escolar

Caminhos para a qualidade da Educação pública: Gestão escolar

Organização: Instituto Unibanco

Edição: Fundação Santillana /

Ano: 2016

Livro apresenta conceitos e experiências práticas para refletir sobre a gestão pública e seu papel na garantia da aprendizagem

Mergulhar no tema gestão escolar, assunto tradicionalmente árido na realidade brasileira, promovendo uma reflexão pública substantiva, pela radical dedicação à evidência empírica, com uma sólida e rigorosa atenção à teoria e foco nos resultados de aprendizagem, direito inalienável dos estudantes.

Esse é o esforço desta publicação. Reunindo agentes públicos brasileiros e estrangeiros relevantes – pensadores e implementadores de políticas de gestão educacional –, o livro apresenta um conteúdo plural de experiências, práticas, dados, conceitos e reflexões em torno de uma variável essencial para garantir o direito de aprender de todos os alunos da rede pública de Educação do Brasil: a gestão.

Na Educação, a efetividade dialoga com os direitos. Implica melhoria na qualidade de modo que meninos e meninas aprendam mais, os mais vulneráveis aprendam mais rápido e todos estejam acima de um nível supostamente considerado básico. Caso contrário, não existirá de fato. A efetividade só será medida com a complexidade que exige quando o direito à aprendizagem nortear todos os tomadores de decisão e gestores – não só os secretários e secretárias de Educação, mas também os diretores, as regionais, aqueles que estão no chão da escola.